Você também tem dificuldade com este amigo do peito?

Uma das maiores preocupações das mulheres que praticam corrida é a sustentação dos seios durante a atividade física.

Mas qual o melhor top para pratica de corrida? O ideal é ter boa sustentação aliado ao conforto e claro, que não machuque.

Seios – grandes, pequenos, siliconados, ou flácidos – são, em geral, sinônimo de “problema” para corredoras. É difícil achar uma peça que acomode bem. E sabe o mais curioso? A maioria das mulheres (80%) corre, ou treina, com o top errado (os dados são da Nike). Ou grande demais. Ou apertado demais, causando assaduras.

Lendo sobre o assunto fiquei impressionada com uma pesquisa realizada na Universidade de Portsmouth, no Reino Unido. De acordo com esta pesquisa, os seios se movem muito mais durante a pratica de corrida do que se pensava. No entanto, a pesquisadora britânica Joanna Scurr realizou testes biomecânicos com 70 mulheres com peitos de diferentes tamanhos e concluiu que  o balanço pode chegar até 21cm (Tô passadaaaa).

Apesar da existência de sutiãs esportivos desenhados para diminuir o incômodo, a cientista, especialista em esportes, também descobriu que existem movimentos laterais e de dentro para fora. De acordo com Joana Scurr, mesmo as mulheres de peitos pequenos correm o risco de sofrer dores.

– O tamanho do peito e a dor que causa o exercício, podem ser uma barreira real para que as mulheres se exercitem – explica a pesquisadora. Não é o movimento em si que importa, mas o quão rápido é (e a gente nem percebe né).

Os sutiãs comuns são ineficazes e podem inclusive ocasionar lesões na coluna, desconforto durante os treinos e dores musculares. O uso de tops e sutiãs esportivos diminui em até 80% estes efeitos, desde que estejam de acordo com o biotipo de cada mulher.

A relação entre tecido e atleta, mesmo que para atletas amadores, mudou demais! Com tanta evolução tecnológica na indústria têxtil, esperamos muito mais de um simples look de treino, ou melhor, performance.

Tops com bases e alças largas, bem ajustados, feitos com tecidos de alta compressão, como poliamida e elastano, são uma ótima opção.

O Top perfeito existe? Não sei, só sei que o ideal é o que tem compressão e controla o movimento dos seios. São confeccionados com tecido tecnológico que absorve o suor da pele e te ajuda a fica sequinha e confortável.

Atrás, é modelo nadador, o que dá mais amplitude aos movimentos. O ideal é que topseja indicado para atividades de alta intensidade como corrida, funcional e crossfit.

E pra quem tem fartura ou para aquelas que nem tem tanto #ficaadica para
quando for escolher lembre-se destes itens:

1) Visual: Além de seguro e confortável, o top deve ter um design esportivo – porém, com engenharia de um sutiã –, ele deve garantir que a mulher sinta-se bem vestindo apenas a peça durante a prática do esporte.

2) Dimensão do corpo: É quase impossível comprar um top valendo-se apenas dos tamanhos P, M e G do mercado. As dimensões do modelo vão além e devem levar em conta o tamanho do tórax, do busto saliente e a distância entre o ombro e mamilo.

3) Modelagem: Ela deve ser ajustável ao biótipo de cada mulher, protegendo as mamas do impacto sem comprimir demais. Ou seja, o ajuste deve ser perfeito.

4) Compressão e sustentação: Apenas comprimir o seio não é sinônimo de sustentá-lo em relação ao impacto. As definições devem trabalhar juntas para produzir um top seguro e confortável.

5) Nível de sustentação: Dependendo do tamanho do busto e do impacto da atividade física, maior é a necessidade de sustentação. Por isso, o ideal seria o modelo informar para qual prática é mais indicado.

6) Alças: As mais finas podem cortar a pele durante o exercício. As alças devem ser grossas e confeccionadas de tecido confortável. Para evitar dores nas costas, o ideal são os modelos nadador

7) Tecido: Além do ajuste perfeito e elástico, ele deve ser leve para não irritar a pele.

8) Teste: O top é como um tênis de corrida. É imprescindível testá-lo na loja, ter certeza de que ele se ajusta perfeitamente ao corpo e não utilizá-lo em uma prova sem treinar antes.

No mercado há inúmeras opções de marcas e modelos de Top de sustentação (Lupo, Nike, Adidas, Under Amour e por ai vai) o grande problema é  preço desses Tops que não são baratos (tenho visto valores médios entre 130,00 a 190,00).

Se não dá para gastar muito num top, observem os fundamentos e escolham o que mais se aproxima do ideal!

E boa corrida com seu amigo do peito!!!

Postagens Relacionadas

O efeito do álcool no desempenho do corredor Fim de ano chegando, confraternizações, réveillon, férias, período em que muita gente aproveita para relaxar da correria do dia a dia e, então, os exa...
A droga mais consumida no mundo, das corridas Entre todas as substâncias tidas como estimulantes, com toda a certeza é a cafeína a mais usada. Seja na sua forma in natura, através do bom e velho c...
Bermudas de compressão e sua utilidade Neste grande universo da corrida de rua, há alguns itens que se adentraram e estão caindo no gosto dos usuários cada dia mais. Apesar de alguns cor...
A importância da musculação para os corredores de rua Esse ano, após a Maratona de Foz do Iguaçu tive uma lesão no joelho, que me afastou dos treinos pós maratona. Treinos básicos e curtos passaram a ser ...