Reflexologia Podal, uma delicia!!!!

Que correr faz bem para o corpo e para a cabeça, todo mundo já sabe. Mas e para os pés? Ahhh… estes sofrem muito!

E se você já esteve em ritmo intenso de treinos fortes e longos para  alguma prova, já deve ter sentido seus pés doloridos e cansados. Mas, se ainda não perdeu nenhuma unha, também pode se considerar uma sortuda.

O pior é que também qualquer incômodo na unha ou no pé, para muitos, são motivos para não treinar, ou mesmo fazer um treino meia boca!
Nesse meio tempo de corrida, descobri a reflexologia podal!!! Sempre achava que era uma forma de futilidade, até ler sobre o assunto e experimentar. De fato comprovei que essa técnica realmente traz benefícios.

Tem gente que não curte. Que tem cócegas ou sensibilidade… Mas vale a pena experimentar.

Mas vamos lá…

A reflexologia podal é a técnica mais comum de massagem para os pés. Parte do princípio que o nosso corpo inteiro tem uma representação na zona dos pés, onde o profissional faz as massagens. Essas representações são concentrações das terminações nervosas, sendo estimuladas através de uma pressão local. Com isto, tenta-se ativar os processos curativos do próprio corpo. Resumindo,
o profissional vai pressionar determinados pontos nos pés que correspondem a regiões e órgãos do nosso corpo, como se os pés fossem um mapa. Trabalha a harmonização dos órgãos, estimulando, equilibrando, e tonificando os meridianos de energia. Confesso que alguns pontos são um pouco desconfortáveis e às vezes até dói! Mas ao fim, a sensação de relaxamento é impressionante!


O uso de cremes relaxantes ou óleos vegetais junto com a reflexologia acentuam a finalidade terapêutica, pois esta pressão com massagem nos pés trabalha os pontos correspondentes a órgãos do corpo.
É muito relaxante e boa para quem gosta que mexam em seus pés (eu adoro!).
A reflexologia também é boa para quem tem retenção de líquidos, ansiedade e estresse. As correntes e os canais energéticos que percorrem nosso organismo, os chamados meridianos, mudam sua direção e polaridade, atenuando ou tonificando, regulando o fluxo de energia nos pés.
Considerada uma terapia natural, é indicada como auxiliar no tratamento de alguns distúrbios orgânicos e desequilíbrios emocionais. Através dessa técnica é possível ativar os processos auto-curativos do corpo por isso é utilizado como auxiliar no tratamento do joelho de corredor pois estimula a hipófise para produzir mais endorfina para a amenização das dores e do inchaço. Estimula também a fortificação da renovação celular da patela, da cartilagem e da articulação.

Portanto, o estímulo das áreas do pé consequentemente também estimula a área corporal correspondente e assim ajuda a aliviar o estresse, a dor e a tensão muscular, que nos ajudam em nossas atividades físicas. Alem disso contribui para:

  • Alívio de dores na coluna e no nervo ciático
  • Relaxamento físico e psíquico
  • Aumento de circulação sanguínea
  • Fortalecimento do sistema imunológico
  • Limpeza das toxinas do corpo
  • Revitalização e equilíbrio da energia e do organismo; bem-estar físico e mental
  • Diminuição de edemas, síndrome pré-menstrual, depressão, ansiedade, dores de cabeça, problemas digestivos, entre outros.

Normalmente a indicação é de uma consulta por semana e com isso o terapeuta consegue estimular vários pontos em uma sessão.

Sou fã. E você já experimentou?

Postagens Relacionadas

Emagrecimento e a corrida de rua   Uma coisa é fato, quando você começa a correr, uma coisa mágica parece que acontece. Naturalmente, quando você diminui a ingestão de cal...
E quem nunca teve uma lesão ocasionada pela corrida? E agora? E quem não teve uma lesão ocasionada pela corrida que atire a primeira pedra! Seja ela por postura errada, excesso de treino, exercícios executad...
Hidratação para o corredor é fundamental: Antes, durante e após a corrida. A hidratação para o corredor é fundamental! Se durante uma corrida você sente sede, fadiga e dor de cabeça leve saiba que está desidratado ou a caminh...
Produtos de compressão têm mais tecnologia que o térmico. Grande parte das marcas de roupas esportivas tratam a bermuda térmica como bermuda de compressão. Algumas marcas por desconhecimento técnico das difer...