Por que tanto sacrifício?

“Você é louca!” Essa é a exclamação mais frequente ouvida por quem convive com as dores e delícias da corrida, principalmente MARATONAS.

A maratona é um desafio, cujo conceito e aura são frequentemente mais atraentes do que a realidade: emocionamos na largada, ficamos correndo por quilômetros sem fim numa batalha mental e choramos de emoção ao cruzar a linha de chegada. É assim para muitos, e é exatamente assim para mim e termino a prova com aquela sensação “putz terminei, consegui, sou f…”

Pensando bem, a corrida dá aos praticantes um tempo muito maior para pensar do que outros esportes em geral. Enquanto corro, penso em vários assuntos e nada ao mesmo tempo. Chega até ser curioso isso. E durante os longos,  tem a intrigante batalha com a mente que insiste que você pare com essa maluquice. São devaneios de quem corre quilômetros e mais quilômetros.

A maratona é um evento cheio de significados e que exige o máximo de seus participantes. Se ainda não teve a curiosidade de ler a respeito, a maratona  é inspirada na lendária corrida do soldado grego Fidípides, que se deslocou até Atenas para avisar sobre o resultado da Batalha de Maratona, que os atenienses venceram em 490 a.C. A prova de 42.195 metros é um desafio para quem se propõe a percorrê-la. É crucial ter uma preparação física impecável para não comprometer a saúde com o esforço necessário para completar uma corrida tão longa. No entanto, mesmo com a preparação adequada, nosso corpo passa por uma série de processos bastante extremos durante a corrida. Veja o que acontece com você quando você treina ou corre uma maratona:

Coração

Durante uma maratona, nosso coração tem muito mais trabalho do que o normal. O órgão que serve para bombear sangue para todos os cantos de nosso corpo trabalha acelerado, no limite, irrigando todos os músculos que usamos para manter o ritmo da corrida. A respiração rápida faz a troca de COpor oxigênio, deixando o sangue sempre pronto para oxigenar nosso organismo inteiro. Em uma situação normal, o coração humano bobeia de 4 a 6 litros de sangue por minuto, quase a totalidade que possuímos em nossa fisiologia. Percorrendo uma maratona, essa quantidade aumenta de 3 a 4 vezes, girando em torno de 15 a 20 litros. É muita coisa…Além disso, um dos principais benefícios é a melhora no funcionamento do coração, pois as corridas de longa distância diminuem o risco de doenças cardiovasculares, como ataque cardíaco, derrame e hipertensão. Também minimizam os riscos de desenvolver diabetes e colesterol alto.

Perda de Peso

Em termos de massa corporal sólida, só durante uma maratona é possível diminuir de 1 a 1,5 kg. Mas o que realmente perdemos em uma corrida assim é água. Visto que em média perdemos de 0,8 a 1,4 litros a cada hora de exercício pesado, durante o percurso de uma maratona chegamos a excretar até 4 litros de suor. Claro que tudo depende do clima, biotipo e condicionamento de cada um. Além disso, os treinos para a maratona ajuda no controle e na perda de peso, queimando grande quantidade de calorias e gordura do corpo. Mas vale lembrar que a alimentação também deve ser controlada.

Ossos sofrem

Durante a preparação e a maratona em si causam também impactos importantes em ossos, articulações e músculos, por sobrecarga e movimentos repetitivos. Podemos desenvolver tendinites, fascites plantares e uma série de outros problemas, além de estarmos sujeito a fraturas por estresse e entorses. Vida de atleta é assim.

E mais….

Para quem busca melhorar o condicionamento físico e também quer desafiar os seus limites, a maratona é uma ótima opção. Por ser uma atividade que exige muito esforço físico, ela aumenta a resistência muscular e respiratória, fortalecendo todo o organismo e aliviando o estresse.

Além disso, a maratona ajuda no controle e na perda de peso, queimando grande quantidade de calorias e gordura do corpo. Mas vale lembrar que a alimentação também deve ser controlada.

Correr também estimula o crescimento de novas células cerebrais associadas à memória. Com isso, melhora a concentração e proporciona maior auto-confiança para atingir objetivos.

Só não se pode confundir exercício para qualidade de vida com alta performance,isso deixamos para os profissionais. Para os amadores, esporte deve ser encarado como atividade de lazer e proporcionar bem-estar, se virar obsessão perde o fundamento!!!

Ótimos treinos!!!!

Postagens Relacionadas

Reflexologia Podal, uma delicia!!!! Que correr faz bem para o corpo e para a cabeça, todo mundo já sabe. Mas e para os pés? Ahhh… estes sofrem muito! E se você já esteve em ritmo inte...
Dormir é tão importante quanto treinar Você treina arduamente, se alimenta de forma correta e regrada, mas seu desempenho parece não estar correspondendo com sua dedicação. É preciso est...
A importância da musculação para os corredores de rua Esse ano, após a Maratona de Foz do Iguaçu tive uma lesão no joelho, que me afastou dos treinos pós maratona. Treinos básicos e curtos passaram a ser ...
É o habito que traz mudanças Por que correr, por que meditar, e por que falar disso agora? Porque 2017 ja está quase rendendo 2016, e eu te pergunto: como estão seus hábitos??? ...